DMI (ADX)

A gente sabe que os mercados se movem em tendências Mas será que existe uma forma de saber a força desses movimentos? Existe

É o indicador chamado DMI, e é dele que eu vou falar agora no Curinga Econômico O DMI é o Directional Movement Index ou Índice de Movimento Direcional Foi desenvolvido nos EUA nos anos 70, e é considerado, até hoje, um dos melhores já criados, porque com ele conseguimos tanto rastrear uma tendência quanto ver qual a força desse movimento Mas como vemos isso no gráfico? Quando inserimos esse indicador no gráfico Uibo, nós vimos três linhas: as duas primeiras são as linhas DI+ e DI- A linha DI+ mostra a tendência de alta no mercado, já a linha DI- mostra a tendência de baixa; a terceira e mais importante é a linha ADX, que mostra a força desse movimento e varia entre “0” e “100”

Quando estiver abaixo de “20”, a tendência é fraca; entre “20” e “40”, é forte; acima de “40”, muito forte; e dificilmente essa linha vai superar o valor de “60” Mas aí você deve estar querendo saber como analisar, na prática, uma ação usando esse indicador? As estratégias mais usadas são de rastrear o início ou o fim de uma tendência Para rastrear o princípio de uma tendência, usamos o cruzamento das linhas DI para cima Se for a linha DI+ que cruzar para cima, aquele movimento é de alta, já se for a linha DI- que cruzar para cima, a tendência é de baixa, e o ideal é que a linha ADX esteja subindo para confirmar a força daquele movimento Dá uma olhada nesse exemplo da Petrobras que ficará muito fácil pra você entender

Antes de começar a baixa, a linha DI-, em vermelho, cruzou a linha DI+, que está em verde, indicando uma tendência de baixa nessa ação Somado a isso, temos a linha ADX, que está em cinza, subindo e mostrando para nós que aquela tendência de baixa estava ganhando força, tanto é que no período as ações caíram, praticamente, 30% Isso também funcionaria para alta Olha o exemplo da Natura Entre junho e agosto de 2012, a linha DI+ cruzou para cima, e o ADX confirmou a força da tendência, tanto que as ações da empresa subiram 23% no período

E um detalhe importante: a eficácia desse indicador está na linha ADX, por isso o ideal é que o ADX esteja acima de “20” e subindo E para se antecipar ao final de uma tendência? É ainda mais fácil Vamos olhar se a linha ADX está em queda, e se o ADX estiver caindo é um sinal de que a tendência está perdendo força, como nesse caso do IBOVESPA O ADX caiu bastante, mostrando que o movimento de alta perdia força, tanto que esse sinal antecipou uma queda que veio na sequencia Só que precisamos ficar atentos, porque uma tendência pode perder força em um momento e depois recomeçar

Por isso, esse sinal de queda no ADX não quer dizer que aquela tendência irá mudar completamente, mas sim que aquele movimento perdeu força Então, galera, vocês entenderam: O DMI serve para rastrearmos o início ou o fim de uma tendência Fique de olho nos cruzamentos das linhas DI, e não se esquece que o mais importante é analisar a linha ADX, porque ela vai te mostrar a força daquele movimento Eu sou Murilo Voznak A gente se vê no próximo Curinga Econômico, então

Tchau!

Passo a passo como investir no Mercado de Forex utilizando robôsEU QUERO!
+ +