Estrategias de Day Trade (MELHORES TEMPOS GRÁFICOS) // Day Trade para Iniciantes

Fala, galera! Beleza? Murilo aqui e no vídeo de hoje eu vou compartilhar a minha tela para te mostrar qual o melhor "time frame" para fazer análises no "day trade" Então fica de olho aí porque eu tenho certeza de que você vai gostar Antes de mais nada, queria só te deixar um recado: se você tiver alguma sugestão, algum vídeo que você gostaria de assistir aqui no nosso canal, deixa aí nos comentários Comente, compartilhe comigo porque vai ser um prazer criar um conteúdo que você gostaria de assistir

Agora, indo direto ao ponto, eu vou analisar um pouco o mercado de "Forex", que é o mercado que eu mais opero, vou compartilhar algumas ideias, mas essas análises, esses "time frames" que eu utilizo podem ser utilizados em qualquer mercado Então todas as dicas que eu vou te dar, você pode generalizar para todos os mercados praticamente Eu vou utilizar o mercado de "Forex" porque é o mercado que eu mais opero Como você sabe eu tenho meu "copy trading" que está aí na descrição do vídeo, você pode copiar minhas operações de forma cem por cento automática, mas as informações que eu vou te mostrar podem ser utilizadas para qualquer mercado Eu já operei praticamente todos os mercados que você imaginar utilizando esse tipo de ferramenta e esse tipo de análise, tá? Então vamos lá direto ao ponto entender um pouco mais sobre qual o melhor "time frame" para fazer o "day trade"

Na minha opinião o melhor "time frame" para analisar o mercado é o "time frame" de quinze minutos Na verdade, eu utilizo uma junção: quinze minutos, trinta minutos e H1 Esses "time frames" são os melhores para mim Para analisar e para minha tomada de decisão, eu acabo olhando mais de perto o N15, que a gente chama Então o N15, aqui a gente está vendo o EUR USD, que é o par

Como vocês sabem eu gosto de operar "Forex", então eu opero as moedas E aqui é o par de moedas mais famoso do mundo, o euro contra o dólar Então é esse ativo que a gente está analisando agora Vamos fazer uma análise aqui para vocês entenderem basicamente como você pode fazer a sua análise de "day trade" utilizando o N15 junto com o M30 e junto com o H1, porque essa questão dos multi "time frames" é uma questão muito importante para quem quer fazer "day trade"

Então vamos imaginar que eu já começo aqui com o H1 e eu observo que a gente tinha um suporte importante nessa região, tá? Então essa região aqui era uma região de suporte importante, um suporte que estava muito bem delimitado, e olhando logo no começo do dia – eu gosto de operar no começo do dia porque é o momento que tem mais volatilidade, isso pode ser o assunto do próximo vídeo, os melhores horários do dia Eu prefiro os horários em que a gente tenha mais volatilidade, porque eu estou fazendo "day trade", então eu quero encerrar minhas operações durante o dia, não quero me manter posicionado Então olhando esse suporte aqui, eu dei uma olhada e falei: bom, esse é um ponto que tem bastante relevância para o mercado e parece um ponto bom para eu fazer minhas operações Quando eu vim no M30, eu percebi que esse ponto já havia sido tocado uma vez aqui, então ele já teve um primeiro toque, a gente teve um segundo toque com um falso rompimento, o rompimento não ocorreu, e aí esse terceiro toque que estava ocorrendo aqui O mais legal é entender que a gente teve um movimento de perda de força na tendência

Então o mercado não teve a amplitude, ele não voltou até essa região aqui de cima que era uma região muito importante O mercado não subiu até lá em cima para dar aquela respirada e voltar Ele ficou aqui no meio do caminho Ele não veio até aqui em cima Ele ficou aqui no meio do caminho

No momento que ele ficou aqui no meio do caminho, a gente começa a analisar esse mercado e falar: bom, pode ser uma boa operação de "day trade" aqui Então a gente vem para o M15 e percebe que realmente é um ponto legal O rompimento dessa região de preços é um rompimento interessante Então eu traço aqui novamente uma região de preço Você vai perceber que quem quer ser "day trade" É diferente de quem quer fazer "scalping"

Você tem que encontrar uma região de preços, uma faixa de preços ali onde você percebe que o rompimento é importante, e aí a gente consegue ver mais alguns detalhes Quais detalhes? O M15 é um "time frame" que te mostra muito sobre o comportamento do mercado, sobre o comportamento de preços A gente percebe que em um primeiro momento o mercado bateu aqui e subiu bem forte, bem rápido

Nesse segundo momento, no segundo toque nesse suporte, que é o mesmo suporte, a gente já não tem toda essa objeção, a gente já não tem essa respirada tão forte Então o M15 já mostra aqui, porque o M15 não tem tanto ruído, né? Ele não é como o M5, por exemplo, que é um gráfico com bastante ruído O M15 já é um "time frame" um pouco mais longo, não é tão curto quanto o M1, o M5, então ele já te mostra que "bom, o mercado não está conseguindo respirar" Então no intradiário você já percebe que esse mercado está perdendo força Na hora que a gente tem um rompimento, que foi esse rompimento decisivo e que em seguida o ativo respira mas ele volta para mínima, que é toda essa região aqui

A gente pode falar que essa região foi a região que definiu o ponto e falou: "aqui eu vou romper", e rompeu mesmo; nesse momento a gente entra na nossa operação, se tratando de "day trade" Por quê? Porque no "time frame" de quinze minutos a gente está percebendo que é o momento que o mercado está ganhando mais velocidade E se você olhar o H1, você percebe melhor ainda, apesar de tanto rabisco, você percebe que o rompimento já tinha ocorrido

Quando o mercado chegou nessa faixa aqui, o rompimento já tinha ocorrido Já havia um "candle" bastante forte rompendo lá embaixo, batendo lá embaixo, então a gente realmente está entrando numa faixa interessante No momento que você vai operar, tratando aqui fazendo as operações intradiárias, você quer esse tipo de situação, uma situação em que o mercado está ganhando volatilidade, está ganhando velocidade Aí você faz o seu "trade", vamos imaginar, e você precisa da sua relação de risco/retorno O "TradingView" tem uma ferramenta que você pode desenhar isso Como é uma posição vendedora, como a gente está mostrando na queda aqui, é um "Short Position", a gente pode desenhar todo nosso risco/retorno E qual seria seu risco/retorno aqui? Ele tem que ser, no mínimo, de um e meio para um, como eu sempre falo em todos os vídeos: o mínimo um e meio para um

Então seu risco/retorno mínimo seria aqui Seu "stop" ficaria aqui, nessa região aqui em cima (deixa até eu traçar uma setinha aqui para ficar, inclusive, bem fácil de ver), seu "stop" inicialmente e seu "take profit" aqui e seu "stop" aqui Eu, particularmente, prefiro fazer – muita gente trabalha assim – eu prefiro fazer operações mais conservadoras Como assim mais conservadoras? Eu prefiro já "stopar" no meio do caminho Por quê? Porque o M15 me mostra muito sobre o preço, e ele está me falando o seguinte: "olha, eu trabalhei aqui, subi, aí eu rompi", certo? E a gente entrou no meio do caminho desse rompimento

Se o preço voltar até aqui em cima, bater até aqui em cima, é um pouco complicado a gente imaginar que ele vai ter algum tipo de reversão para cair de novo É claro que você vai ver muitas situações no mercado onde você pega os "falsos rompimentos" que a gente chama Então você entra no mercado e aí você pega o mercado aqui, parece que ele vai romper e ele sobe de volta E aí muita gente acaba falando: "ah, não eu prefiro colocar um "stop" um pouco mais longo e fazer as coisas, né, trabalhar com uma posição um pouco mais agressiva no "stop" e esperar ver se o mercado não dá aquele falso rompimento" Eu, por outro lado, já acho

Já penso de uma maneira diferente, eu penso assim: se o mercado subir até aqui, até o meio do caminho, já não é um rompimento, a gente já perdeu toda Todo esse fundamento de posição, de estratégia de rompimento A gente já teve um mercado mostrando que foi um falso rompimento Então ele veio até aqui (vou até usar a seta para ficar mais fácil), ele veio até aqui parecendo que ia romper e executou um falso rompimento, voltou lá para cima Então já não vale mais a pena ficar nessa posição Esse tipo de posição, enfim, não vale a pena

Por isso que eu já "stopo" aqui no meio do caminho Eu não espero o mercado vir, enfim Ah, não, vou esperar porque

Não, eu já "stopo", se eu perceber que o mercado rompeu, de novo, aquela resistência, porque era um suporte aí virou uma resistência (essa região é um suporte que virou resistência), rompeu isso daqui e continuou subindo, eu vou "stopar", eu não vou ficar esperando, e com isso eu melhoro até minha relação de risco/retorno, que eu consigo manter uma relação derisco/retorno de dois para um fácil Além disso, tem uma outra coisa muito importante que você deve, enfim, saber Quando você vai fazer "day trade" você precisa saber medir a sua projeção de "take profit"

Não adianta você achar que Porque eu falo: ah, não, você tem que ter um risco/retorno de dois para um E aí o que você pensa? "Tá, então meu "stop loss" vai ser aqui, e já que meu risco/retorno tem que ser de dois para um, meu "take profit" vai ser aqui embaixo"

Como vocês estão percebendo (não sei se você está vendo, se você percebeu isso), mas aqui, olha, o "TradingView", essa ferramenta, já está te mostrando o risco/retorno, então ele está te mostrando aqui que seu risco/retorno está 196 Aí você fala isso: " ah, eu vou deixar o meu "stop loss" aqui em cima e meu "take profit" aqui embaixo" Isso não vai ser uma operação "day trade" Isso aqui é uma operação que não vai se encerrar, porque o tamanho, né

Você está querendo ser tão conservador no seu "stop" e com tanto medo, né Não é nem conservador a palavra, você está com tanto medo de ser "stopado", colocando seu "stop loss" aqui em cima, que seu "take profit" tem que ficar, enfim, a uma distância gigantesca do mercado onde você está entrando, do seu preço de entrada, e isso dificilmente vai ser uma operação "day trade" Por quê? Porque se a gente pensar (é muito bom você saber isso) qual o tamanho da amplitude de movimento do mercado diariamente, você vai perceber que o mercado no EUR USD, por exemplo, ele está andando aí cerca de 50, 60 "Pips", então quinhentos pontos Então você esperar que o mercado durante um dia ande cento e trinta pontos, 130 "Pips" ou mil e trezentos pontos é muito difícil Você está tendo essa informação aqui nesse retângulo cinza Então o que você pode esperar? Você pode esperar uma andada do mercado, que vai ser uma andada

Uma caminhada normal, uma caminhada aí de 30, 40, 50 "Pips" Bom, dá para você esperar isso Agora você esperar que o mercado em um dia ande mil e quinhentos pontos – e não é mil e quinhentos pontos no total, é mil e quinhentos pontos do seu ponto de entrada – então é muita coisa

Então o que eu acho? Eu acho que, para mim, o ideal é sempre você trabalhar com essa relação de risco/retorno, mas sabendo que: "bom, eu tenho que ter uma projeção adequada para o meu "stop" e para o meu "take profit"', e isso tudo tem que estar de acordo com um possível movimento do mercado É o caso aqui, né? A gente está Aqui o nosso "take profit" ficaria a mais ou menos 43 "Pips", quatrocentos pontos no mercado

Bom, é possível de andar Se a gente estivesse trabalhando com uma posição mais conservadora, com 15, a gente estaria a 32 "Pips", trezentos pontos, então isso é possível para o mercado, isso é possível para um dia do mercado

Eu estou falando de "day trade", então é isso tudo que você tem que entender e que você tem que observar ao entrar nas operações "day trade", quando você está escolhendo seu "time frame" O M15 consegue te mostrar com maior, enfim, exatidão todas essas informações, todas essas informações que você precisa Claro que é sempre importante verificar o "30" e o H1, para perceber se você não está fazendo nada de errado, e o M5 também pode ser uma ferramenta boa de análise, utilizar o "time frame" do M5, pode ser uma boa para você entender qual tem sido a amplitude do mercado em termos de tempo, então você perceber que, por exemplo, o mercado foi das 930h até às 1300h, ele andou tudo isso, então você entender a amplitude do mercado e entender se está fazendo sentido realmente aquilo que você está imaginando para seu "day trade"

Tudo isso é muito importante Se você quiser reduzir o "time frame" não tem problema, quiser analisar o M5 não tem problema Suas operações provavelmente serão operações um pouco mais curtas, e aí você vai ter que tomar um pouco mais de cuidado com o ruído de mercado, mas de qualquer forma você vai conseguir encontrar bons pontos Eu acho que cada um, enfim, tem o seu estilo de operar, cada um tem a sua maneira Eu prefiro fazer esse tipo de operação, utilizando o M15, o M30 e o H1, mas cada um é cada um, eu acho que o que importa é você conseguir encontrar uma maneira de ganhar dinheiro no mercado

Então você percebeu que o M15 pode ser muito útil na questão do "day trade" Eu acho que Como eu falei, é o melhor "time frame", na minha opinião, para você analisar o "day trade"

Claro que a gente tem que fazer a comparação do M15 com o M30, com o H1 O M15 vai excluir os ruídos de M5, de M1, que são os "time frames" bem menores, mas é muito importante que a gente sempre analise como está o panorama geral do mercado É importante criar expectativas reais em termos de "Take Profit" e em termos de "Stop Loss", e o M15 mostra isso pra gente, porque a gente consegue ver como o mercado está se comportando nos últimos dias e quanto o mercado andou ao longo de um dia, então isso é muito importante para nós Se você quiser fazer "scalping", que são as operações mais curtas, operações de alguns minutos, eu acho que você deveria utilizar o M1, o M5 e o M15, mas de maneira geral, eu como gosto de "day trade", eu prefiro usar M15, M30 e H1 Eu acho que esses três "time frames" te dão todas as informações que você precisa para achar os melhores pontos, para achar os momentos onde o mercado vai ganhar mais volatilidade, o mercado vai ganhar mais velocidade no movimento, e esse tipo de movimento mais rápido é o que você procura quando está fazendo "day trade", você quer esse tipo de movimento, porque esse tipo de movimento vai fazer com que você encerre sua operação ao longo do dia

Se você entra em uma operação que pode ser até um ponto bom, mas que não tenha volatilidade, o mercado não tem Ele tem amplitude, mas não tem volatilidade, você fica ali por muitas horas Às vezes você tem que dormir com a posição, às vezes você tem que encerrar a posição no zero a zero ou no "break even" ou à vezes até com algum prejuízo, porque você não quer dormir posicionado e aquele mercado está sem volatilidade Têm todas as outras questões como horário, enfim, o dia do mercado Às vezes o mercado tem muita notícia, tem muita coisa que você tem que observar além do "time frame", mas eu acho que sobre o "time frame" era isso, tá? Espero que tenha te ajudado Espero que você tenha gostado Como eu falei, deixe nos comentários sugestões de novos vídeos Dúvidas? Também fale com a gente Vá lá e xeque nosso "copy trading" de "Forex", porque o "copy trading"

Eu faço só operações "day trade", então acho que você vai gostar bastante também, e a gente se vê em um próximo vídeo, valeu? Um grande abraço Tchau!

Passo a passo como investir no Mercado de Forex utilizando robôsEU QUERO!
+ +