Previdência Privada (PGBL e VGBL) – Qual é o Melhor para Você?

A gente sabe que é importante desde cedo fazer uma previdência privada O grande problema é: PGBL ou VGBL, e, afinal, qual a diferença entre os dois? Se essa é sua dúvida, fica tranquilo, porque esse é nosso papo agora no Curinga Econômico

Primeiro de tudo vamos entender o que significam essas palavras “PGBL” significa Plano Gerador de Benefício Livre e “VGBL” significa Vida Gerador de Benefício Livre Até aí tudo bem, mas a gente continua se perguntando: e qual é o melhor para mim? Na verdade, isso depende de uma única coisa: como você faz sua declaração de imposto de renda Se você faz sua declaração no modelo completo, vale mais a pena o PGBL, porque você pode deduzir as contribuições da sua renda bruta anual, e desse jeito você paga menos imposto de renda agora Mas atenção, porque essa dedução é, no máximo, 12% da sua renda bruta total

Dá uma olhada nesse exemplo que ficará bem fácil entender: imagina que seu salário é de R$ 3000,00 por mês Então, (3000X12) é igual a R$ 36000,00, que seria sua renda bruta anual Assim, você poderia utilizar o PGBL para pagar menos imposto agora fazendo a seguinte conta: 12% de R$ 36

000,00 é igual a R$ 4320,00 Esse é o valor que você pode deduzir, e sua nova base de tributação será R$ 31680,00 Fazendo isso todo mês, para ficar mais fácil, com o PGBL seria como pagar imposto somente sobre R$ 2

640,00 todo mês Só que isso não quer dizer que você não pagará imposto Esse valor será cobrado lá na frente quando você resgatar seu benefício Por isso, o ideal é pegar esse dinheiro agora e reinvesti-lo, utilizando essa vantagem a seu favor Agora ficou fácil, né? Para não esquecer, lembre-se que “P” de PGBL também é “P” de posso deduzir

Mas e o VGBL? Bom, o VGBL é mais indicado para quem faz a declaração de imposto de renda no modelo simplificado Isso acontece porque hoje você irá pagar o imposto de renda normal, sem nenhum benefício, mas lá na frente há uma grande vantagem: você só vai pagar imposto sobre os rendimentos do seu VGBL Então para não se esquecer do VGBL, lembre-se que “V” de VGBL também é “V” de vantagem, a vantagem de pagar imposto somente sobre os rendimentos Mas e se eu quiser fazer uma previdência privada com mais que 12% da minha renda? A gente também consegue fazer isso É só aplicar 12% em PGBL para ter o benefício das deduções, e o restante em VGBL, para pagar, nessa parte, só o imposto sobre os rendimentos

E um detalhe importante: na previdência privada existe uma regra chamada portabilidade Isso quer dizer que você pode transferir sua previdência de uma instituição para outra sem pagar nenhum tipo de tributação, mas para fazer isso os dois planos precisam ser do mesmo tipo, ou seja, o PGBL da sua instituição não poder virar VGBL em outra, e, além disso, a tributação em ambas as instituições precisa ser a mesma Se você ainda não sabe, na previdência privada existem dois tipos de tributação: a progressiva e a regressiva, mas isso é assunto para o próximo vídeo Então, galera, vocês entenderam: declaração no modelo completo, melhor o PGBL, “P” de posso deduzir; declaração no modelo simplificado, melhor o VGBL, aquele que você tem a vantagem de pagar imposto somente sobre os rendimentos E não esquece que se você não estiver satisfeito com o serviço, existe a portabilidade

Eu sou Murilo Voznak A gente se vê no próximo Curinga Econômico, então Tchau

Passo a passo como investir no Mercado de Forex utilizando robôsEU QUERO!
+ +